Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Divulgação do Resultado da Prova Escrita

 
Inscrição Resultado Final
001.2018 PP NÃO APTO
002.2018 PP NÃO APTO
003.2018 PP APTO
004.2018 PP NÃO APTO
005.2018 PP NÃO APTO
007.2018 PP NÃO APTO
008.2018 PP APTO
009.2018 PP APTO
010.2018 PP APTO
011.2018 PP NÃO APTO
012.2018 PP APTO
015.2018 PP APTO
017.2018 PP NÃO APTO
018.2018 PP NÃO APTO
019.2018 PP APTO
020.2018 PP APTO
021.2018 PP APTO
022.2018 PP NÃO APTO
023.2018 PP NÃO APTO
025.2018 PP APTO
026.2018 PP APTO
027.2018 PP NÃO APTO
029.2018 PP APTO
031.2018 PP NÃO APTO
004.2018 II APTO
005.2018 II APTO
006.2018 II APTO
007.2018 II APTO
008.2018 II APTO
009.2018 II APTO
010.2018 II APTO
011.2018 II APTO
012.2018 II APTO
013.2018 II APTO
014.2018 II APTO
016.2018 II APTO
017.2018 II APTO
018.2018 II APTO
019.2018 II APTO
020.2018 II APTO
021.2018 II APTO
022.2018 II APTO
023.2018 II APTO
024.2018 II APTO
025.2018 II APTO
026.2018 II APTO

 

defesa

 

Percursos de formação e percepção estética na arte-educação de jovens e adultos vinculados aos aspectos críticos de leitura da realidade

 

Fátima Regina Souza da Silva Bezerra

 

Resumo: Constituída em torno da Educação de Jovens e Adultos e da fotografia, esta pesquisa consiste em uma reflexão sobre o poder da imagem e da percepção estética como canais de conhecimento, favorecendo formas singulares de vinculação aos aspectos críticos de leitura da realidade. Ela propõe-se a investigar a estética fotográfica dos educandos enquanto possibilidade de percepção crítica da realidade pelo ensino da Arte. A utilização da imagem fotográfica obtida a partir dos smartphones dos estudantes justifica-se pela inserção da arte contemporânea no planejamento de ensino, um conteúdo importante, porém ausente das salas de aula. As ações pedagógicas foram estruturadas com base em um projeto educativo que se iniciou a partir de uma roda de conversa em sala de aula com os sujeitos da prática pedagógica visando averiguar seus conhecimentos prévios e interesses pela área da Arte. Estes últimos nortearam as atividades realizadas para a confecção do material didático complementar à disciplina de Arte. A implementação do projeto educativo ocorreu durante as aulas, com os alunos frequentes nas duas turmas de Ensino Médio, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, em um Centro Integrado de Educação Pública, na cidade do Rio de Janeiro, onde a autora atuou conjuntamente como pesquisadora e professora. Walter Benjamin embasa o pensamento fotográfico; Ana Mae Barbosa, a Arte-Educação, Dermerval Saviani, a concepção progressista de educação e Vigotski, a estética na pedagogia.

 

Data e horário: 09 de novembro de 2018, 15:00

Local: Centro de Tecnologia - sala H322.

 

Banca:

- Prof.ª Dr.ª Priscila Matsunaga  (Orientadora - NIDES/LE/UFRJ)

- Prof. Dr. Antônio Cláudio Goméz de Sousa (Orientador - NIDES/LIpE/UFRJ)    

- Prof. Dr. Paulo Cézar Maia - (NIDES/LE/UFRJ)

- Prof. Dr. Protásio Dutra Martins Filho - (NIDES/POLI/UFRJ)

- Profª Dr.ª Maira M. Fróes - (HCTE/UFRJ)

- Prof.ª Dr.ª Danielle dos Santos Corpas - (LE/UFRJ) - Suplente  

 

BannerSelecaoMestradoNIDES2019

 

O prazo para inscrição no mestrado foi prorrogado para 14 de outubro de 2018.

 

Para mais informações clique aqui!

 

 

 

Homologação

A Comissão de Seleção do Programa de Pós-Graduação Tecnologia para o Desenvolvimento Social, no uso de suas atribuições, torna público o resultado da homologação das inscrições do Processo Seletivo de Candidatos ao Curso de Mestrado Profissional do Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social – Turma 2019.
 
Seleção dos Candidatos (1a fase) Prova Escrita
Dia 29/10
Horário: 13h
Local: G 122
     Prova de Proficiência em Língua Estrangeira (ou Prova de Línguas)
Dia 30/10
Horário: 13h
Local: G 122

 

Homologação - Processo Seletivo - Edital nº 738 - PPGTDS / NIDES
Número de Inscrição Etapa de Seleção - Inscrição
001.2018 PP Homologada
002.2018 PP Homologada
003.2018 PP Homologada
004.2018 PP Homologada
005.2018 PP Homologada
006.2018 PP Homologada
007.2018 PP Homologada
008.2018 PP Homologada
009.2018 PP Homologada
010.2018 PP Homologada
011.2018 PP Homologada
012.2018 PP Homologada
013.2018 PP Homologada
014.2018 PP Homologada
015.2018 PP Homologada
016.2018 PP Homologada
017.2018 PP Homologada
018.2018 PP Homologada
019.2018 PP Homologada
020.2018 PP Homologada
021.2018 PP Homologada
022.2018 PP Homologada
023.2018 PP Homologada
024.2018 PP Homologada
025.2018 PP Homologada
026.2018 PP Homologada
027.2018 PP Homologada
028.2018 PP Homologada
029.2018 PP Homologada
030.2018 PP Homologada
031.2018 PP Homologada
001.2018 II Homologada
002.2018 II Homologada
003.2018 II Homologada
004.2018 II Homologada
005.2018 II Homologada
006.2018 II Homologada
007.2018 II Homologada
008.2018 II Homologada
009.2018 II Homologada
010.2018 II Homologada
011.2018 II Homologada
012.2018 II Homologada
013.2018 II Homologada
014.2018 II Homologada
015.2018 II Homologada
016.2018 II Homologada
017.2018 II Homologada
018.2018 II Homologada
019.2018 II Homologada
020.2018 II Homologada
021.2018 II Homologada
022.2018 II Homologada
023.2018 II Homologada
024.2018 II Homologada
025.2018 II Homologada
026.2018 II Homologada

 

defesa

 

Banco Comunitário do Preventório: Uma experiência de Economia Solidária

 

Marcos Rodrigo Maciel Ferreira

 

Resumo: A presente pesquisa tem como objetivo realizar um estudo de caso sobre contribuição do Banco Comunitário do Preventório, Niterói/RJ para o desenvolvimento local. Os Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs) são organizações de finanças solidárias que atuam em territórios socioeconomicamente vulneráveis, com objetivo de dinamizar as economias locais e fortalecer a organização comunitária a partir da oferta de serviços financeiros, como crédito, além de serviços bancários e assessoria aos empreendimentos, entre outras ações.  Ao longo de duas décadas surgiram uma centena de BCDs nas diversas regiões do país, que se organizaram na Rede Brasileira de Bancos Comunitários.  Estas experiências se baseiam na metodologia desenvolvida pelo Banco Palmas, em Fortaleza, Ceará, o qual se tornou referência em âmbito nacional e internacional, são parte integrante do segmento chamado finanças solidárias. Assim, o foco deste trabalho é entender o processo de implantação e o desenvolvimento das atividades do BCD Preventório e as especificidades do Banco na sua relação com o território, para desta forma compreender principalmente a contribuição da organização para o desenvolvimento local.

 

Data e horário: Dia 10 de Outubro de 2018 as 13 horas.

Local: Centro de Tecnologia - sala C208.

 

Banca:

Prof. Dr. Ricardo Ferreira de Mello (NIDES/UFRJ) 
Profª. Drª. Luciana Lago (NIDES/UFRJ)
Profª. Drª. Ludmila Antunes ( UFF)
Profª. Drª. Raquel Moratori (UNIRIO/FIOCRUZ)
Profª. Drª. Elaine Araujo (UFF)

            100 anos ufrj                                     logo e sic

UFRJ NIDES - Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social
Desenvolvido por: TIC/UFRJ