Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

soltec

Encontre-nos

Endereço
Sala ABC112, ligação ABC (fundos do Bloco B), sala 112 (perto do Itaú), Centro de Tecnologia, Cidade Universitária
Rio de Janeiro, RJ

Telefone: +55 (21) 3938-7780

FlavioChedid       

Flávio Chedid Henriques

 

Cheguei no SOLTEC em meados de 2004, quando havia acabado de ser realizado o I Encontro de Engenharia e Desenvolvimento Social (I EEDS). Lembro de chegar na sala e ver Vanessa e Sidão ainda envoltos por papeis do evento e efusivos pela realização do mesmo. Logo conheci Felipe Addor em uma aula de mestrado da COPPE em que fui como ouvinte e desde então ingressei nas ações do incipiente Diagnóstico Participativo da Cadeia Produtiva da Pesca em Macaé, que logo se tornou a PAPESCA. Não posso me esquecer do embarque com os pescadores e meu, até hoje, grande amigo Maurício Nepomuceno em uma saga de 12 horas em alto mar.

Nas idas a Macaé, com recursos do BNB - Banco do Nosso Bolso - foram sendo criados vínculos fortíssimos profissionais e de amizade. Ali pude conhecer com maior proximidade Sidão, que foi a principal figura paterna que eu tive em vida, e Verinha, que se no fim da vida eu tiver alguns desejos pra fazer, um vai ser de ouvir o sorriso dela.

Nesse período participei da organização do II Encontro Nacional de Engenharia e Desenvolvimento Social (ENEDS) e da coordenação do III e do IV ENEDS. Foram as primeiras experiências que tive de coordenar grandes equipes e foram muito estimulantes. Chegamos a ter comissões organizadoras de mais de 50 alunos, que ajudaram a fazer com que o ENEDS ganhasse corpo, chegando hoje em sua XV edição e uma comissão nacional cuidando dele.

Desde então atuei nas seguintes ações: Projeto de formação dos quadros da Área de Tecnologia para o Desenvolvimento Social (ATDS) da FINEP; Projeto CADTS; Projeto Vila Paciência e Projeto COOPARJ. Neste último, cuja descrição não segue com precisão a linha do tempo, já no mestrado, assumi o papel de coordenação. Na época articulávamos uma parceria com o professor José Ricardo Tauile do Instituto de Economia na formação do CREIA - Centro de Referência em Economia de Iniciativas de Autogestão. Com o seu falecimento prematuro, do amplo projeto restou a assessoria a essa cooperativa de parafusos, que tive o prazer de sub-coordenar com uma amiga que vinha da UERJ, Fernandinha. Durante os mais de dois anos que ficamos por lá criamos vínculos de confiança com os trabalhadoras e trabalhadoras dessa cooperativa, que servem até hoje de referência pra muitas coisas na minha vida.

Um pouco depois desse período vale citar uma saga empreendida junto com Felipe Addor, Celso Alvear, Vicente Nepomuceno e Fernanda Araújo para assumirmos as turmas do Sidão de Humanidades e Ciências Sociais, quando ele foi fazer seu pós-doc. Já havíamos exercido o papel de docentes ou de estagiários de docentes em Gestão de Projetos Solidários, mas durante esse ano foi sem a tutela de quem nos orientava. Crescemos em vários aspectos.

Da experiência da COOPARJ e a articulação com diversas universidades surgiu o GPERT - Grupo de Pesquisa em Empresas Recuperadas por Trabalhadores. Daí surgiu uma outra epopeia, que foi conhecer a totalidade das experiências de Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil. Realizamos o mapeamento e pudemos visitar 52 experiências do Acre à fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, Santana do Livramento. Não conhecemos todas, mas registramos o primeiro levantamento nacional da totalidade dessas experiências e seguimos posteriormente atuando com assessorias a algumas dessas empresas, como a COOPERMINAS e a Flaskô. Ainda atuamos com esse grupo, que hoje se articula com uma rede internacional que se reúne anualmente no Encontro Economia de los Trabajadores, do qual participamos desde 2007, na primeira edição.

Em atividades internas participei da Coordenação de Gestão, Infraestrutura e Administração, da Coordenação de Ensino e Pesquisa, da Coordenação de Ensino, Pesquisa e Extensão e da Coordenação Geral do Núcleo, função que exercito agora em 2018.

Desde 2014 busco desenvolver uma linha de pesquisa e extensão com o tema Organização do Trabalho e Autogestão, que já ofereceu disciplinas de graduação e mestrado, atividades de extensão com trabalhadoras terceirizadas da limpeza e com o Movimento Nacional de Luta pela Moradia - primeiramente com a Ocupação Manoel Congo e atualmente na Ocupação Solano Trindade.

A longa descrição e a forma epopeica com que tentei narrá-la refletem o sentimento que tenho hoje de satisfação e reconhecimento, que me faz dar um sorriso de canto de boca com a certeza que a entrada nesse Núcleo mudou completamente minha vida pessoal e profissional.

.
 
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.    Website     Currículo     Rede Social

 

Ultima alteração em: 28/05/2018

            100 anos ufrj                                     logo e sic

UFRJ NIDES - Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social
Desenvolvido por: TIC/UFRJ