Captura PESQUISA ACAO

NOTAS SOBRE VISITA TÉCNICA DO  GRUPO DE ESTUDOS SOBRE “PESQUISA-AÇÃO, EDUCAÇÃO POPULAR E ENGENHARIA” –

PAEPE/NIDES/UFRJ À ESCOLA NACIONAL FLORESTAN FERNANDES – ENFF/ MST - GUARAREMA, SÃO PAULO. 7 a 9 DE ABRIL DE 2017

Delegação:

Mestrandos do PPGTDS-NIDES/UFRJ – Davi, Nelson, Caroline e Paula;

Professor do PPGTDS-NIDES/UFRJ – Sidney  (responsável pela visita)

Técnico do NIDES - Vinicius

 Mestrando IPPUR- Victor.

Observadora convidada pelo Felipe – Alejandra  (viajou autonomamente)

PRIMEIRO DIA

Saida – 8:30h -  7 de abril de 2017,  do bloco F, Centro de Tecnologia, em dois carros particulares de Sidney e Victor. Todos os custos foram cobertos pelos próprios integrantes da delegação

Chegada – 17:00h, 7 de abril de 2017, recepcionados pela administração da ENFF, Ivy e Thiago. Visita informal ao complexo da ENFF. Locação nos alojamentos.

SEGUNDO DIA

8 de abril de 2017

8h-9h

Reunião da delegação do PAEPE/NIDES/UFRJ com a coordenadora geral da ENFF – ROSANA FERNANDES -  e o integrante do Núcleo de Teoria Política da ENFF – ALVARO ANACLETO –

Intercâmbio de informações sobre o NIDES, em particular o PPGTDS e a política de formação do MST no geral, denotando-se cursos desenvolvidos na própria ENFF.

Destaques  de cursos mencionados

1-      Mestrado UNESP-ENFF-  desenvolvido nas dependências da  ENFF em parceria formal do Mestrado em Desenvolvimento Territorial da América Latina e Caribe  da Universidade Estadual de São Paulo – UNESP – situado num prédio no Centro da cidade de São Paulo; 70% são professores da UNESP. Há um professor do Rio de Janeiro da UFRRJ , professor João Márcio Mendes Pereira.  Este curso é desenvolvido em 2 anos.  Já estaria na quinta turma, realizado com recursos do PRONERA – INCRA - http://www.incra.gov.br/educacao_pronera e também do próprio movimento. Nome chave na UNESP – professor  Bernardo Monteiro

2-      Foi desenvolvido uma edição do Mestrado em Saúde, Meio Ambiente, Agroecologia em parceria com a FIOCRUZ, contato importante é MARCELO FIRPO, suspenso por cortes nos recursos. Professor destacado do conjunto- MARCELO FIRPO

3-      Núcleos de cursos desenvolvidos pela ENFF

- Teoria Política nacional

- Teoria Política Internacional

A ENFF  possui 500 professores voluntários

Aulas desenvolvidas desde as 6h até 23h

9h-12h – DEBATE SOBRE CONSTRUÇÃO AGROECOLOGICA no auditório Rosa Luxemburgo  mesa composta por arquitetos que participaram da idealização da ENFF.

Arquiteta LilianAvivia Lubochinski da FAU-USP falou sobre a história da construção da ENFF – desde 1997 até 2005, quando foi inaugurada; arquiteta Tamires sobre Construção agroecológica; arquitero Lucas – sobre processos de construção; e Eduardo Silva que participou de todo o processo de formação das equipes e produção de material para monitoramento e formação  

Destaques, a escola mobilizaou 1000 voluntários vindos de todos lugares do pais e visava tanto que a construção da ENFF fosse uma CONSTRUÇÃO COM TERRA assim como propiciasse que todos os que participassem da construção fosse capazes de reaplicar em seus locais de origem.

Destaque para a construção de 1 milhão de tijolos pelos próprios voluntários.

Este debate foi realizado de maneira a ritualizar o processos de construção do estádio de futebol Doutor Sócrates Brasileiro.

TROUXEMOS O VIDEO – “UMA ESCOLA EM CONSTRUÇÃO” que relata este processo

13h- 14:30h – apresentação da ENFF no auditório 8:00h Patativa

14:30h -16:00h – visita à Biblioteca da ENFF

16:00h -18:00h

REUNIÃO DA DELEGAÇÃO COM A COORDENADORA DA ENFF ROSANA FERNANDES E ALVARO ANACLETO

Foi uma reunião proveitosa em que se detalhou os cursos de ensino fundamental e médio – ESCOLAS ITINERANTES – de graduação e pós graduação desenvolvidos pelo pais, dentre os quais o de Serviço Social na UFRJ.

A ser melhor detalhado posteriormente

DESTAQUE PAR RELAÇÃO DA ENFF com a REITORIA DA UFRJ

A coordenadora geral Rosana Fernandes, relatou ter contato direto com o reitor, inclusive que há um grupo no ZAP, com integrantes da reitoria para tratar de projetos de interesse do MST na UFRJ.

Destacou que reuniram-se no dia 22 de fevereiro na UFRJ, estando presente o reitor, Roberto Leher; pró-reitora de extensão Maria Malta; pro – reitor de graduação – Eduardo Serra ; presidente do Forum de Ciencia e Cultura – Carlos Vainer.

Estão sendo estruturadas todas as ações de nível nacional do MST com a UFRJ diretamente com a reitoria.

Contatos importantes

ROSANA – 11 996596752 – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

ALVARO – 11 996493960 – alvaro @enff.org.br

ESCOLA ITINERANTE –

NEY (ocupação da LAPA no PARANÁ) 41 – (9)97478761 –

TALES REIS – MARICA – (escola itinerante ) 21 979157495

BIBLIOGRAFIA ADQUIRIDA

BIBLIOTECA F120-A LABORATORIO SOLTEC-DEI/POLI

LIVROS

CALDART, ROSELI SALTETE ET AL – 2013 – ESCOLA EM MOVIMENTO NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO JOSUÉ  DE CASTRO. EXPRESSÃO POPULAR

SHULGIN, VIKTOR N. – 2013 – RUMO AO POLITECNICISMO (artigos e conferencias). EXPRESSÃO POPULAR

BOGO , ADEMAR – 2011 – ORGANIZAÇÃO POLITICA E POLITICA DE QUADROS. EXPRESSÃO POPULAR

CAMINI, ISABELA – 2009 – ESCOLA ITINERANTE – NA FRONTEIRA DE UMA NOVA ESCOLA\. EXPRESSÃO POPULAR

GUSMÁN, EDUARDO SEVILLA E MOLINA, MANUEL GONZALES – 2013 – SOBRE A EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE CAMPESINATO – EXPRESSÃO POPULAR

LESSA, SÉRGIO E TONET, IVO – 2011 – INTRODUÇÃO ‘A FILOSOFINA DE MARX. EXPRESSÃO POPULAR

SOSA, BRAULIO ET AL –2013 -  REVOLUÇÃO AGROECOLÓGICA – O MOVIMENTO DE CAMPONÊS A COMPONÊS DA ANAP EM CUBA. EXPRESSÃO POPULAR

STEDILE, JOÃO PEDRO E FERNANDES, BERNARDO MANÇANO – 2012 - BRAVA GENTE – A TRAJETORIA DO MEST E A LUTA PELA TERRA NO BRAIL. EXPRESSÃO POPULAR E FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO

SAUER, SÉRGIO E BALESTGRO, MOISES, V. (ORG) – 2013 - AGROECOLOGIA E OS DESFAFIOS DA TRANSIÇÃO AGROECOLÓGICA.  

VARIAS REVISTAS

VIDEO

ESCOLA NACIONAL FLORESTAN FERNANDES – UMA ESCOLA EM CONSTRUÇÃO 

            100 anos ufrj                                     logo e sic

UFRJ NIDES - Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social
Desenvolvido por: TIC/UFRJ