Apresentação com breve histórico

A história do projeto Organização do Trabalho e Autogestão (OTA) confunde-se com a atividade de assessoria à Cooperativa de Produção de Parafusos do Estado do Rio de Janeiro (COOPARJ), que na época intitulava-se Projeto COOPARJ. Entre os anos de 2005 e 2007, foram desenvolvidas diversas atividades com uso de métodos participativos na busca de assegurar a viabilidade técnica, econômica e social deste empreendimento. O detalhamento deste trabalho pode ser visto neste relatório. E a avaliação dos resultados deste processo de assessoria foram sistematizados neste artigo.

A COOPARJ se formou a partir da mobilização de trabalhadores de uma empresa falida que conseguiram impedir o seu fechamento. A partir de 2010, buscamos conhecer a totalidade dos casos de empresas que tiveram sua origem de forma similar e iniciamos, com apoio do CNPq e de outras nove universidades, o Mapeamento de Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil, cujo resultado encontra-se neste livro (https://gprecuperadas.milharal.org/files/2016/03/LIVRO-GPERT-empresasrecuperadasportrabalhadoresnobrasil.pdf).

Ao final da realização deste mapeamento, iniciamos a realização de uma disciplina de extensão no âmbito do Departamento de Engenharia Industrial (DEI) chamada Organização do Trabalho e Autogestão. Nessa disciplina, oferecida por 3 semestres, além de apresentarmos os autores clássicos da Organização do Trabalho, buscávamos conhecer e atuar com um grupo organizado de forma autogestionária e essas ações resultaram no projeto com a Cooperativa Liga Urbana, ligada ao Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM). Os resultados dessa ação podem ser encontrados neste relatório.

Ainda como fruto da articulação dessa disciplina, iniciamos em 2014 uma atividade de pesquisa e assessoria à Associação dos Trabalhadores Terceirizados da UFRJ (ATTUFRJ), formalizada em 2015. Aplicamos questionários sobre os riscos psicossociais da atividade de trabalho de limpeza na universidade e finalizamos o projeto em 2015. Elaboramos um artigo sobre a experiência, que em breve divulgaremos aqui.

Em paralelo a essas atividades, sempre mantivemos ações com as empresas recuperadas por trabalhadores e fomos protagonistas na formação do Grupo de Pesquisa em Empresas Recuperadas por Trabalhadores (GPERT), que envolve 10 universidades de distintas partes do país e tem atuado em ações nacionais e internacionais que envolvem essa temática. Nesse site (https://gprecuperadas.milharal.org/) podem ser encontradas as principais ações do grupo. Vale destacar a realização em 2014 do Seminário Nacional de Empresas Recuperadas por Trabalahdores, que resultou em uma proposta de política pública, que pode ser acessada neste link; e a assessoria à fábrica de bombonas Flaskô, que está sendo realizada neste momento.

Em 2016, passamos a oferecer uma disciplina no Mestrado Profissional em “Tecnologia para o Desenvolvimento Social” chamada “Organização do Trabalho, Autogestão e Economia Solidária” (ementa).
 
Objetivos

Objetivo geral: Refletir criticamente sobre os modelos de organização do trabalho, auxiliando na sistematização das rupturas identificadas nas experiências de unidades produtivas que buscam praticar a autogestão.

Objetivos específicos:

- Conformar uma rede nacional de pesquisadores sobre empresas recuperadas por trabalhadores, sendo protagonista na articulação do GPERT;

- Fazer parte da rede internacional vinculada ao encontro “A Economia dos Trabalhadores”;

- Produzir conhecimento sobre empresas recuperadas e autogestão no Brasil;

- Oferecer anualmente a disciplina de mestrado “Organização do Trabalho, Autogestão e Economia Solidária”;

- Assessorar a fábrica Flaskô, por meio de um projeto de Análise Ergonômica do Trabalho (AET).

 

Agenda 2016

II Seminário da Rede Pesquisadores Latinomericanos de Empresas Recuperadas realizado em Córdoba – 14 e maio de 2016

Encontro Sulamericano “A Economia dos Trabalhadores” realizado em Montevideu – 20/10/2016 a 22/10/2016

1ª Imersão na Fábrica Flaskô – 03/10/2016 a 06/10/2016

2ª Imersão na Fábrica Flaskô – 28/11/2016 a 01/12/2016

Disciplina Organização do Trabalho, Autogestão e Economia Solidária – de 29/09/2016 a 15/12/2016

 

Publicações

Artigos completos publicados em periódicos

1. HENRIQUES, F. C.; LAGO, L. C. . Nós somos o bairro: o caso da Unión Solidaria de Trabajadores. Org & Demo (Unesp. Marília), v. 16, p. 9-24, 2015.

2. HENRIQUES, F. C.. As disputas em torno do conceito de economia solidária: experimentação de uma utopia ou retrocesso na luta dos trabalhadores?. Latitude, v. 8, p. 63-91, 2014.

3. HENRIQUES, F. C.; THIOLLENT, M. J. . Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil e na Argentina. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (ANPUR), v. 15, p. 89-105, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições

1. HENRIQUES, F. C.. Autogestão em empresas recuperadas por trabalhadores: Brasil e Argentina. 1. ed. Florianópolis: Insular, 2014. v. 1. 352p .

2. HENRIQUES, F. C.; SÍGOLO, V. ; RUFINO, S. ; ARAUJO, F. S. ; OLIVEIRA, V. A. N ; GIROTO, M. B. ; PAULUCCI, M. A. ; RODRIGUES, T. N. ; ROCHA, M. C. ; FARIA, M. S. . Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Multifoco, 2013. v. 1. 271p .

Capítulos de livros publicados

1. HENRIQUES, F. C.; FRANKEL, R. D. . A experiência de assessoria a uma fábrica autogerida por seus trabalhadores: o caso Cooparj. In: Felipe Addor; Sidney Lianza. (Org.). Percursos na extensão universitária: saindo da torre de marfim. 1ed.Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2015, v. 1, p. 207-218.

2. HENRIQUES, F. C.; SÍGOLO, V. ; RUFINO, S. ; ARAUJO, F. S. ; OLIVEIRA, V. A. N ; GIROTTO, M. B. ; PAULUCCI, M. A. ; RODRIGUES, T. N. ; ROCHA, M. C. ; FARIA, M. S. ; DAGNINO, R. P. . As empresas recuperadas por trabalhadores no Brasil: lições de um mapeamento nacional. In: Felipe Addor. (Org.). Extensão e Políticas Públicas: O agir integrado para o desenvolvimento social. 1ed.Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2015, v. 1, p. 141-163.

3. HENRIQUES, F. C.. Os conceitos de autogestão e de assessoria. In: Felipe Addor; Flávio Chedid Henriques. (Org.). Tecnologia, Participação e Território: Reflexões a partir da prática extensionista. 1ed.Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2015, v. 1, p. 69-92.

4. FARIA, M. S. ; NOVAES, H. T. ; HENRIQUES, F. C. . As Contradições e Possibilidades da Autogestão no Microcosmo Produtivo: As Empresas Recuperadas pelos Trabalhadores Latino‑Americanos. In: Davisson Canguçu de Souza. (Org.). Desemprego e Protestos Sociais no Brasil. 1ed.São Paulo: FAP-UNIFESP, 2015, v. 1, p. 265-288.

5. HENRIQUES, F. C.; SÍGOLO, V. ; RUFINO, S. ; ARAUJO, F. S. ; OLIVEIRA, V. A. N ; GIROTO, M. B. ; PAULUCCI, M. A. ; Nogueira, T. ; ROCHA, M. C. ; FARIA, M. S. . Las Empresas Recuperadas por Trabajadores/as en Brasil: Resultado de un Relevamiento Nacional. In: Andrés Ruggeri; Henrique Tahan Novaes; Maurício Sardá de Faria. (Org.). Crisis y autogestón en el sigklo XXI: Cooperativas y empresas recuperadas en tiempos de neoliberalismo. 1ed.Buenos Aires: Peña Lillo Ediciones Continente, 2014, v. , p. 91-105.

6. HENRIQUES, F. C.. O Engenheiro na Assessoria a Empreendimentos de Autogestão. In: Carlos Schmidt; Henrique Tahan Novaes. (Org.). Economia Solidária e Transformação Social: Rumo a uma Sociedade para Além do Capital?. 1aed.Porto Alegre: Editora UFRGS, 2013, v. 1, p. 175-190.

7. HENRIQUES, F. C.; FARIA, M. S. ; NOVAES, H. T. . Os distintos caminhos das fábricas recuperadas no Brasil e na Argentina. In: Fabiana Rodrigues; Henrique Tahan Novaes; Eraldo Batista. (Org.). Movimentos Sociais, Trabalho Associado e Educação para além do Capital. 1aed.São Paulo: Outras Expressões, 2012, v. , p. 273-310.

8. FARIA, M. S. ; NOVAES, H. T. ; HENRIQUES, F. C. ; FRAGA, L. . Recuperação de empresas a partir da autogestão. In: Arlindo Philippi Jr; Carlos Alberto Cioce Sampaio; Valdir Fernandes. (Org.). Gestão de Natureza Pública e Sustentabilidade. 1aed.Barueri: Editora Manole, 2012, v. , p. 1007-1039.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

1. RODRIGUES, T. N. ; RUFINO, S. ; HENRIQUES, F. C. . Caracterização e Análise dos Processos Produtivos de Empresas Recuperadas pelos Trabalhadores no Brasil. In: X Encontro Nacional de Engenharia e Desenvolvimento Social, 2013, Rio de Janeiro. X Encontro Nacional de Engenharia e Desenvolvimento Social, 2013.

2. RODRIGUES, T. N. ; RUFINO, S. ; HENRIQUES, F. C. . As Experiências de Empresas Gerenciadas Coletivamente por Trabalhadores no Brasil: Caracterização e Análise da Organização do Trabalho, Processo Produtivo, Inovação e Tecnologia. In: XX Simpósio de Engenharia de Produção, 2013, Bauru. XX Simpósio de Engenharia de Produção, 2013.

3. HENRIQUES, F. C.; SÍGOLO, V. ; RUFFINO, S. ; NOVAES, H. T. ; GIROTO, M. B. ; ARAUJO, F. S. ; OLIVEIRA, V. A. N ; Nogueira, T. ; ROCHA, M.C. . Fábricas Recuperadas pelos Trabalhadores: Construindo um Diagnóstico das Experiências Brasileiras. In: III Encuentro Internacional ?La Economía de los Trabajadores?: pensar y disputar una nueva economía desde los trabajadores y la autogestión, 2011, Cidade do México. III Encuentro Internacional ?La Economía de los Trabajadores?: pensar y disputar una nueva economía desde los trabajadores y la autogestión, 2011.

4. SÍGOLO, V. ; RUFFINO, S. ; HENRIQUES, F. C. . Estudando e Atuando com Fábricas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil. In: VII Encontro Internacional de Economia Solidária, 2011, São Paulo. VII Encontro Internacional de Economia Solidária, 2011.

5. CAMPOS, L. S. ; HENRIQUES, F. C. . Avaliação De Impacto De Um Projeto De Extensão Universitária: O Caso Da Assessoria à Cooperativa de Produção de Parafusos do Estado do Rio de Janeiro (Cooparj). In: 4o Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, 2009, Dourados. 4o Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, 2009.

6. HENRIQUES, F. C.. Assessoria a Empreendimentos de Autogestão. In: V Encontro Internacional de Economia Solidária, 2007, São Paulo. V Encontro Internacional de Economia Solidária, 2007.

7.HENRIQUES, F. C.. Características Conceituais e Metodológica da Assessoria a Empreendimentos de Autogestão. In: I Encuentro Internanacional de la Economia de Los Trabajadores: Autogestion e Distribuición de La Riqueza, 2007, Buenos Aires. I Encuentro Internanacional de la Economia de Los Trabajadores: Autogestion e Distribuición de La Riqueza, 2007.

8. ARAUJO, F. S. ; HENRIQUES, F. C. . Marchas e Contramarchas de uma assessoria a uma cooperativa autogestionária. In: IV Encontro Internacional de Economia Solidária: Educação, Política e Integração na America Latina, 2006, São Paulo. IV Encontro Internacional de Economia Solidária: Educação, Política e Integração na America Latina, 2006.


Prêmios

2014 - Trabalho premiado em 1o lugar na área temática de Trabalho no Congresso de Extensão da UFRJ - Estreitando laços entre a universidade e experimentos da utopia. In: 11o Congresso de Extensão da UFRJ, 2014, Rio de Janeiro. 11o Congresso de Extensão da UFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro.

 

Equipe

Beatriz     

Beatriz Mota Castro

Engenheira de Produção pelo CEFET e aluna de Mestrado do NIDES.

     
FernandaAraujo   Fernanda Santos Araújo

Engenheira de Produção pela UERJ, com mestrado e doutorado em engenharia de produção pela COPPE e UFF, respectivamente. Hoje é professora do curso de Engenharia de Produção do CEFET de Nova Iguaçu.

     
FlavioChedid   Flávio Chedid Henriques

Engenheiro de Produção pela UERJ, com mestrado em engenharia de produção pela COPPE, doutorado e pós-doutorado em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR/UFRJ. Hoje é Técnico Administrativo do NIDES.

     
Vinny   Vicente Nepomuceno

Engenheiro Mecânico pela UFRJ, com mestrado e doutorado em engenharia de produção pela COPPE e UFF, respectivamente. Hoje é professor  do curso de Engenharia de Produção pela UNIRIO.

            100 anos ufrj                                     logo e sic

UFRJ NIDES - Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social
Desenvolvido por: TIC/UFRJ