Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

soltec

Encontre-nos

Endereço
Sala ABC112, ligação ABC (fundos do Bloco B), sala 112 (perto do Itaú), Centro de Tecnologia, Cidade Universitária
Rio de Janeiro, RJ

Telefone: +55 (21) 3938-7780

BannerEtno

APRESENTAÇÃO

Foto1O Projeto Etnodesenvolvimento e Economia Solidária em Comunidades Tradicionais na Região de Paraty - ETNO, e sua execução faz parte de um esforço que articula atores locais, alunos de extensão, voluntários e servidores docentes e técnicos.

Desenvolve suas ações de pesquisa e extensão com Bolsas do PROFAEX 2017/18 PR/5 – UFRJ, na Aldeia Indígena Itaxĩ Parati-Mirim Guarani Mbya; Associação de moradores do Quilombo do Campinho da Independência e a Comunidade Caiçara Ilha do Araújo.

Segundo seu documento propositivo, tem como objetivo geral “contribuir para o etnodesenvolvimento através do fomento à Economia Solidária e o fortalecimento das comunidades tradicionais no território étnico econômico solidário junto com os alunos de extensão, por meio de processos dialógicos, da pesquisa-ação e formação por demanda”.

Conceito de Etnodesenvolvimento

Foto2É o exercício da capacidade social dos povos indígenas para construir seu futuro, em consonância com suas experiências históricas e os recursos reais e potenciais de sua cultura, de acordo com projetos definidos segundo seus próprios valores e aspirações. Ou seja, o etnodesenvolvimento pressupõe existirem as condições necessárias para que a capacidade autônoma de uma sociedade culturalmente diferenciada possa se manifestar, definindo e guiando seu desenvolvimento.” (VERDUM, 2006, P.73)

Olhar sobre o território

Tem como base o modelo de desenvolvimento que mantém a etnicidade como diferencial sociocultural de uma sociedade, de forma a reconhecer os direitos territoriais, sociais, ambientais, econômicos e culturais das populações, considerando fundamental o respeito e a valorização das identidades e formas de organização para o trabalho.

Conclusão

O uso de tecnologias sociais apropriadas e a formação de multiplicadores e artesãos para melhoria e ampliação dos seus produtos e serviços nos territórios, terá enorme impacto positivo nas condições de vida destas comunidades tradicionais. Por esse caminho, e articulados a outras ações do Plano de trabalho do Projeto de Extensão Etnodesenvolvimento e Economia Solidária em Territórios Tradicionais na Região de Parati e a possibilidade de alunos de graduação e pós-graduação da UFRJ vivenciarem ações de extensão fora do campus universitário. Com isso, torna um grande espaço de trocas de saberes tradicionais e acadêmicos .

Foto3

            100 anos ufrj                                     logo e sic

UFRJ NIDES - Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social
Desenvolvido por: TIC/UFRJ